EN

EN

A importância da diversidade e inclusão nas empresas

May 2, 2022

May 2, 2022

A importância da diversidade e inclusão nas empresas

A diversidade e inclusão é, hoje, um requisito para as empresas. Confira aqui qual a sua importância e como implementá-la.

A diversidade e inclusão é, hoje, um requisito para as empresas. Confira aqui qual a sua importância e como implementá-la.

Não há duvidas de que todas as empresas precisa melhorar a diversidade e a inclusão. Quando se fala sobre a importância da diversidade e inclusão nas empresas, há diversos fatores que devem ser levados em consideração e que devem ser evidenciados e discutidos para alcançarmos um notável avanço social relacionado a isso. Agregar diferentes pessoas, com diferentes características físicas e cognitivas, valorizando e respeitando essas diferenças é no que se pauta a diversidade e inclusão. Mas, afinal, o que é diversidade e inclusão nas empresas?

O que é a diversidade e inclusão nas empresas?

Nos dias de hoje, tornou-se cada vez mais necessário pautar diversidade e inclusão em dar oportunidades de trabalho para os grupos sociais minoritários que vivem às margens do mercado de trabalho.Com os avanços e o aumento da visibilidade de causas minoritárias, através de movimentos sociais, foi possível perceber a participação majoritária de um restrito grupo no mercado de trabalho. Esse grupo pode ser caracterizado como: homens, brancos, héteros e cisgêneros. Visto isso, a diversidade e a inclusão são ferramentas de responsabilidade social, que promovem um cenário mais igualitário no mundo corporativo.Ainda assim, pode ser que você esteja se perguntando o que é inclusão e diversidade e o que é diversidade e inclusão no mundo do  trabalho. Bom, para início de conversa, há vários tipos de diversidade que podem ser divididos em nichos diferentes, a partir de aspectos distintos, tais como: idade, gênero, etnia, orientação sexual e pessoas com deficiência. Mas para ter uma melhor visualização da diversidade e inclusão como duas coisas complementares, é importante saber distinguir exclusão, segregação, integração e inclusão.

Exclusão

A exclusão no mercado de trabalho é definida quando o acesso à empregabilidade é negado sem nenhuma justificativa plausível e, por isso, as minorias não têm possibilidade de se candidatar a uma vaga e, quando conseguem se candidatar, não passam de fase nas entrevistas. Em grande parte dos casos, as empresas usam como justificativa uma certa dificuldade em infraestrutura ou cultura para promover diversidade.

Segregação

A segregação acontece no setor empresarial quando alguns funcionários trabalham em ambientes separados ou simplesmente não possuem o mesmo acesso e direitos que os demais membros da empresa. Essa separação também pode ser percebida quando pessoas diversas não são promovidas ou contratadas para cargos de liderança, deixando evidente essa divisão na hierarquia das determinadas empresas. 

Integração

A integração no mundo corporativo, basicamente, significa inserir grupos diversos em quase todas as áreas, mas sem fazer alterações na estrutura e/ou na cultura da empresa. Por exemplo, uma pessoa negra pode fazer parte de um setor majoritariamente branco, mas é ela quem acaba sendo obrigada a se adaptar ao ambiente, podendo sofrer inúmeras micro-agressões. Muitas pessoas cometem o equívoco de nomear isso de inclusão, mas, a menos que o(a) funcionário(a) tenha o suporte necessário, e o ambiente como um todo também se transforme para acolher a diversidade, isso é apenas integração.

Inclusão

O princípio fundamental de empresas que praticam a inclusão consolida-se em todos os colaboradores trabalharem e se desenvolverem juntos, sempre que possível, independentemente das dificuldades e das diferenças que apresentem. É criar um ambiente em que todos se sintam acolhidos e pertencentes ao time, tendo acesso a oportunidades de forma justa.Essa inclusão envolve uma transformação organizacional com mudanças e modificações de modelos de trabalho, rituais de gestão, estruturas físicas e até mesmo de estratégias.

Qual a importância da diversidade e inclusão?

Com as informações anteriores, fica mais fácil conceituar a importância da diversidade e a inclusão no mundo corporativo. Mas vamos entender a importância disso no mundo corporativo.  A importância da diversidade e da inclusão pode ser pautada na quebra do padrão preconceituoso, incentivando uma sociedade mais justa e igualitária para todos. Ter várias percepções diferentes acerca de um ângulo empresarial aumenta a produtividade na empresa, estimulando uma cultura de respeito ao próximo e aproximando mais a relação entre os funcionários e, consequentemente, deixando-os mais engajados nas atividades empresariais. Essa atitude gera mais lucro para a empresa, pois quando as atividades são feitas em um ambiente confortável, sendo vistas como algo além de uma responsabilidade, há um melhor retorno financeiro. Ou seja, investir em um repertório de funcionários mais focado na diversidade e inclusão, gera uma maior satisfação para todos, pautada na comunicação transparente, facilitando a resolução de problemas.Porém, todo esse processo de abraçar a diversidade e a inclusão ainda conta com muitas dificuldades e desafios. O Brasil é um país que ainda contém diversos preconceitos estruturais. Por exemplo, é o país com maiores índices de violência contra pessoas transsexuais. Além disso, o machismo e o racismo são presenciados diariamente por todo o país. Tais ações discriminatórias praticadas por alguns impactam negativamente no processo de ampliação para a diversidade e inclusão no mercado de trabalho. Isso gera uma bolha de desinformação e exclusão, que não recebe a devida atenção vinda das lideranças das empresas. Além disso, a falta de preparo da equipe de Recursos Humanos, responsáveis por recrutar funcionários, é um grande obstáculo para esse avanço social.

Como implementar a diversidade e inclusão na empresa?

Primeiramente, é importante analisar o quadro de funcionários atual, ter um bom panorama de como é formada a equipe que já está atuando na empresa. Em seguida, realizar um diagnóstico sobre o que significa um ambiente seguro, inclusivo e diversificado na opinião dos colaboradores, investigar se existem necessidades não atendidas, definir como essas podem ser solucionadas de uma maneira confortável para os funcionários e para a empresa.Feito isso, nas condições adequadas, fazer uma análise sobre o quão inclusos as pessoas que trabalham estão faz uma grande diferença na construção de um ambiente saudável pautado na diversidade e na inclusão.Se após isso a visão geral for de uma equipe não-inclusa, realizar treinamentos internos para que todos possam adquirir esse traço comportamental no ambiente de trabalho. Etapa concluída, é vez de buscar por perfis mais diversificados, já citados acima, para agregar ao conjunto da empresa. É importante ter em mente que os recrutadores devem ser pessoas bem preparadas para tal responsabilidade. Porém, caso haja dificuldades, existem alguns artifícios para realizar esse recrutamento de forma segura e pautada na diversidade e inclusão. Uma opção é utilizar a inteligência artificial para mitigar vieses discriminatórios,  realizando o recrutamento de forma mais objetiva e segura.