EN

EN

Conheça as principais mudanças no processo de recrutamento e seleção

Nov 29, 2021

Nov 29, 2021

Conheça as principais mudanças no processo de recrutamento e seleção

Confira dicas para otimizar o processo de recrutamento e as mudanças que esse processo sofreu durante a pandemia.

Confira dicas para otimizar o processo de recrutamento e as mudanças que esse processo sofreu durante a pandemia.

Desde o início, a pandemia vem afetando diversas áreas da sociedade, principalmente a economia. Por isso, o processo de recrutamento para as empresas que vêm lutando para encontrar profissionais qualificados sofreu mudanças significativas.Segundo os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no final de 2020, o Brasil atingiu 14 milhões de desempregados. Por isso, as empresas tiveram que adaptar o processo de recrutamento e seleção, procurando oportunidades para melhoria e resultados mais eficazes.Ao longo do texto, vamos entender melhor como funcionam as etapas do processo de recrutamento e seleção. O RH, departamento de recursos humanos, encontra um desafio nessa função de processo de seleção e recrutamento, já que é essencial aprimorar suas estratégias para conseguir achar os talentos ideias para a empresa.

O que é recrutamento e seleção?

O processo de recrutamento e seleção nada mais é do que uma tarefa do RH para atrair os melhores candidatos para as vagas abertas de uma organização. Esse recrutamento é realizado por meio de testes e entrevistas que tem como finalidade avaliar as competências técnicas e comportamentais dos possíveis candidatos.Assim, o recrutamento é a fase mais importante da contratação de um novo funcionário. Para realizar esse processo, o RH recrutamento procura no mercado pretendentes que tenham qualificação ou potencial para ocupar a vaga disponível.O processo de contratação se inicia quando a empresa define suas metas e objetivos a serem alcançados, enxergando assim as vagas que precisam ser ocupadas por pessoas que possam ajudar no crescimento do negócio. Essa é a primeira etapa.Ou seja, quais são as necessidades presentes e futuras da empresa e o que ela espera de um novo colaborador. Fazer um desenho dos cargos é essencial. Esse documento consta os seguintes itens:

  • Perfil profissional do cargo;

  • Competências desejadas;

  • Atribuições e responsabilidades;

  • Horários, benefícios e remunerações.

A segunda etapa é o recrutamento, o qual já explicamos, também chamado de prospecção de candidatos, que consiste em encontrar um grande número de candidatos qualificados para ocupar a nova vaga. Essa etapa se inicia logo depois das necessidades definidas e do desenho do cargo. É importante escrever uma descrição do cargo clara, interessante e cativante para encontrar o talento ideal.A terceira parte desse processo é a triagem de currículos. Com inúmeros currículos em mãos, chegou a hora de analisá-los com atenção e separar aqueles que não possuem perfil para a vaga.Agora, chegamos à quarta etapa, as entrevistas. Depois de selecionar os melhores currículos, é hora de conversar com esses candidatos. Nas entrevistas, é onde se torna possível identificar as habilidades dos profissionais, analisar seus comportamentos e aprofundar as informações de seus currículos. Essas entrevistas costumam ser rápidas, servindo para fornecer um panorama geral dos candidatos que estão nessa fase.Depois disso, na quinta parte do processo, há os testes e provas técnicas, responsáveis por avaliar a competência específica daquele futuro funcionário.Continuando o processo, há mais uma entrevista de seleção. Essa é a sexta parte do processo, onde a lista de pretendentes já está reduzida e essas entrevistas são mais pessoais e profundas.Por fim, a sétima e última etapa é a verificação de dados e a escolha do novo colaborador da organização. 

Quais são os tipos de recrutamento e seleção?

Existem inúmeras formas de realizar um processo de recrutamento e seleção. Porém, há quatro categorias principais, são elas:

Recrutamento interno

Esse tipo de processo ocorre dentro da própria empresa. A busca pelo funcionário ideal se volta para o ambiente interno, restrita aos profissionais já contratados.

Recrutamento externo

O modelo desse recrutamento é o mais comum. Ele se caracteriza na busca de novos colaboradores no mercado de trabalho, com talentos condizentes ao que a empresa necessita, preenchendo as vagas em aberto.

Recrutamento misto

Já o recrutamento misto, mistura os dois processos anteriores. Ele busca novos talentos tanto em candidatos externos quanto internos para o novo cargo.

Recrutamento online

Nos dias atuais, essa forma de recrutamento se tornou frequente no mercado e está sendo muito utilizada, devido à pandemia.Aqui, o processo de contratação é feito pelo meio digital, utilizando softwares e ferramentas para realizar as etapas do recrutamento e seleção.

Quais são as técnicas utilizadas no recrutamento?

Claro que, para realizar o processo de recrutamento, é necessário preparação. Para isso, são utilizadas técnicas que ajudam a definir o candidato ideal. São elas:

  1. Seleção interna – analisar talentos internos que podem servir para outras áreas da empresa;

  2. Indicação de funcionários – também um modelo interno, consiste em uma boa possibilidade de manutenção de qualidade entre os funcionários;

  3. Banco de currículos – analisar currículos previamente cadastrados na empresa para buscar candidatos com o perfil adequado;

  4. Contatos com universidades e escolas técnicas – um método eficaz, o qual consiste em ter uma boa relação com instituições de ensino e cria uma cultura de atração de talentos;

  5. Arquivos de sindicatos – mesma lógica de ter o contato com instituições de ensino, ou seja, o bom contato com sindicatos é interessante para encontrar novos talentos ideais para sua empresa;

  6. Agências de recrutamento e headhunters – essa técnica consiste em contratar agências e headhunters especializados em achar o melhor candidato para a vaga pelo recrutamento externo;

  7. Redes sociais – uma ótima técnica, já que divulga as oportunidades da empresa e alcança muitas pessoas, como o Linkedin.

4 mudanças no processo de recrutamento durante a pandemia

Como a pandemia afetou diretamente o mercado de trabalho, os processos de recrutamento tiveram que se adaptar e sofreram mudanças. Confira quatro dessas mudanças dentro dos processos de contratação durante o isolamento social: 

1. Surgiu uma preocupação maior com a contratação humanizada

Agora há uma preocupação maior e humanizada com o candidato. A pandemia trouxe a busca mais árdua por talentos reais. Além disso, as empresas não podem mais se basear apenas em universidades e faculdades técnicas. As hard skills são importantes, mas as soft skills são ainda mais necessárias.

2. A tecnologia se tornou uma aliada mais forte do que nunca

Agora, é importante saber utilizar bem aparelhos tecnológicos e softwares. Isso tem sido essencial para ser selecionado para uma vaga.Todas as etapas de um recrutamento estão sendo feitas no modo digital e muitos sites de emprego se adaptaram a isso, disponibilizando ferramentas para que as provas e testes de um processo sejam feitos com facilidade online.As entrevistas também são todas por chamadas de vídeo e existem diversas plataformas utilizadas para essa finalidade. Além disso, é possível encontrar candidatos mais distantes geograficamente, já que o trabalho é remoto. Assim, as chances de encontrar o profissional ideal aumentam.

3. Benefícios flexíveis

Com o trabalho remoto e as novas estratégias de recrutamento, as empresas remodelaram os benefícios oferecidos. Agora, como o trabalho não é mais presencial, esses benefícios se tornam outros e nas novas vagas divulgadas, é perceptível essas mudanças.No momento atual, é importante cuidar da saúde mental e física. Por isso, muitas empresas procuram atender essas necessidades e até oferecem descontos em cafeterias ou espaços de coworking para os que gostariam de sair um pouco do home office, por exemplo. 

4. Cultura interna

Como as empresas estão trabalhando com seus times remotamente, surgiu a necessidade de criar ou reforçar ainda mais uma cultura interna da organização. Isso porque, justamente durante o processo de recrutamento, o candidato deseja entender e se sentir parte dessa empresa, já que o trabalho está distante de certa maneira.Por isso, na divulgação de vagas e até o onboarding, as empresas expõem todos os seus valores, cultura interna, missão e propósito, para que assim os futuros funcionários continuem seguindo esse conjunto de aspectos no trabalho não presencial. 

Como implantar um processo de recrutamento eficiente?

Para aprimorar o processo de recrutamento, fique atento aos seguintes itens:

  • Use e abuse do LinkedIn;

  • Busque indicações;

  • Invista em softwares que otimizem o processo;

  • Aplique testes nos candidatos;

  • Proponha dinâmicas em grupo;

  • Faça boas entrevistas;

  • Defina a cultura da empresa;

  • Adapte o candidato à dinâmica do trabalho.

Um bom processo de recrutamento é aquele que destaca a empresa em um mercado que está cada vez mais competitivo. Por isso, a Rocketmat é a sua solução para garantir a otimização de um processo de recrutamento. Para saber mais, fale com um especialista