EN

EN

Inovação no RH

Nov 3, 2021

Nov 3, 2021

Inovação no RH

Para inovar RH, é preciso sair da caixa e pensar além de programas de bem-estar.

Para inovar RH, é preciso sair da caixa e pensar além de programas de bem-estar.

Quando pensamos em trazer inovação para a empresa, é necessário pensar em como os Recursos Humanos (RH) podem contribuir para essas mudanças, afinal, é por meio dessa área que os colaboradores serão treinados e instruídos para, além de fazer o desenvolvimento, tornarem-se tecnológicos e inovadores. Inovar o RH é pensar em técnicas e processos que possam alinhar a empresa com a tecnologia, inovação e, consequentemente, trazer melhores resultados e engajamento.

Inovação e crescimento: como garantir ambos na área de RH?

Muito se ouve sobre a importância da inovação, para gerar sustentabilidade e rentabilização para as empresas. Quando falamos em inovação, pensamos em produtos, processos e serviços que estejam conectados com a tecnologia e o futuro. Mas e as pessoas? Essa é uma atividade que a área de RH precisa desenvolver internamente, afinal, inovar não é criar programas com nomes bonitos e que pouco falam a língua do colaborador.Logo, inovação é desenvolver as habilidades dos profissionais para o futuro, é entender de um negócio para que os programas de RH estejam em linha com as empresas inovadoras do mercado. Para inovar RH, é preciso sair da caixa e pensar além de programas de bem-estar. É também mapear, através de ferramentas ágeis, novos caminhos para se trilhar, assim como um conceito de RH estratégico.Comece dentro de casa, com seu próprio time, visite empresas, fortaleça seu networking, principalmente com empresas especialistas em inovação. Então, busque por tendências, estude as gerações a fundo e quais caminhos os profissionais precisam seguir para alcançar esse objetivo da inovação. Não se esqueça de que o mais importante é se posicionar pensando exclusivamente no futuro do trabalho e em sua inovação. Dessa forma, a inovação pode traçar estratégias mais assertivas e apoiar em todo o processo de gestão da mudança da empresa.

Como transformar sua gestão?

O objetivo do RH é criar estratégias que sejam muito bem comunicadas para os colaboradores, mas a estratégia por si só não resolve. É preciso, principalmente de uma gestão estratégica de pessoas, para que esses resultados sejam potencializados para ambos os lados. De acordo com essa visão de gestão estratégica de pessoas, o colaborador deixa de ser um custo a ser controlado e passa a ser um capital ativo. Ou seja, que deseja investimento, crescer e se desenvolver, em contrapartida, também ajuda a empresa em seu desenvolvimento e inovação.Para buscar essa nova gestão, é preciso não só as práticas, mas também, enxergar diferentes caminhos para a inovação.

Conhecimento

O RH precisa enxergar e se conhecer, o que ele faz, onde ele quer chegar e, consequentemente, como ele quer chegar. Esse é o mínimo para se conseguir uma atuação embasada, isto é, para o RH deixar de ser o que simplesmente faz para ser quem consegue explicar e mostrar que aquela determinada prática é válida.

RH orientado a Dados

Ter um RH orientado a dados é extremamente necessário, pois é preciso de indicadores muito bem definidos, não existe outra forma de conversar com os gestores sem ser mostrando números, mostrando como que as práticas de RH estão impactando nos resultados da empresa.

Construção do Planejamento Estratégico

O RH precisa participar desta construção diariamente. Não faz sentido o RH receber somente as metas e objetivos, é necessário estar ativo desde o começo.O RH precisa ser menos reativo para ser transformador. Isso significa que o RH precisa “largar mão” de ser quem recebe as críticas, dores, quem escuta e vai até o foco resolver o problema, e sim ser quem vai levar a mudança antes da reclamação chegar.Diluindo essa nova função de RH e partir para o desenvolvimento dessas novas competências nos líderes da empresa, o RH deixa de ser quem faz pelo outro, para ocupar a posição de quem ajuda a decidir, isso é estratégico e inovador.

7 dicas de inovações na área de RH

É comum associar  a inovação dos recursos humanos com algum produto desenvolvido pelas áreas da empresa, mas a verdade é que existem muitas formas de inovação. Algumas delas são:

  1. Melhorar um processo e fazer mudanças para que aconteça a inovação. 

  2. Fazer uso de tecnologias inovadoras.

  3. Traçar formas de trazer a tecnologia para dentro do ambiente de trabalho.

  4. Pensar à frente das outras empresas.

  5. Motivar os colaboradores e servir como uma ponte não só para os problemas e sim para os outros processos da empresa.

  6. Apontar soluções antes do problema se tornar maior.

  7. Trazer treinamentos e deixar os colaboradores engajados uns com os outros.

Qual a responsabilidade do RH com os processos de inovação

O RH é essencial para o sucesso da empresa, uma vez que essa área é a que cuida desde, a contratação, integração até uma possível demissão. Mas o RH também precisa ir muito além disso - quando uma empresa precisa trazer mudanças, o profissional dos recursos humanos é quem precisa preparar os colaboradores e ensinar como fazer para que esse determinado objetivo seja alcançado. Portanto, antes de trazer as ideias e realizar processos de inovação, o RH precisa estar preparado para passar para a equipe da melhor maneira possível. Quando pensamos em inovação RH, precisamos implantar melhorias, como: utilização das redes sociais, implementação de tecnologias, cuidar do bem-estar do colaborador e melhorar a comunicação interna. Ou seja, o RH tem grandes responsabilidades à frente da empresa, responsabilidades essas que precisam ser elaboradas e devidamente executadas para que os processos sejam feitos da melhor maneira possível.

A Era Digital e o RH

Sabemos que a tecnologia digital está presente em tudo que fazemos e nas empresas não é diferente. Estamos em uma época em que se as empresas não se modernizarem, acabam ficando para trás em relação às outras e tudo isso acaba virando uma competição. No entanto, de nada adianta se a empresa pensar no futuro, acatar novas tecnologias para a implementação no seu negócio se da mesma maneira não humanizar suas ações de inovação.Tudo trata-se de um equilíbrio, afinal, o colaborador, além de tudo, precisa estar bem relacionado para produzir suas metas e objetivos, a fim de colaborar com o crescimento da sua empresa. O RH precisa estar atento para aprender novos processos de inovação e mesmo assim ensinar os seus colaboradores, seu papel é fundamental para que cada vez mais a empresa possa ser tecnológica, inovadora e humanizada. Por isso, é importante que os profissionais de RH estejam atentos e invistam em novas tecnologias que otimizem processos necessários para o funcionamento da empresa, como recrutamento e seleção. A inteligência artificial, por exemplo, pode ser utilizada para analisar milhares de currículos em questão de segundos, identificando rapidamente quais candidatos são mais aderentes a uma vaga específica, uma tarefa que tomaria muito tempo de recrutadores. Com os avanços, é possível delegar tarefas repetitivas como essa para algoritmos, fazendo com que os profissionais de RH tenham mais tempo para desenvolver atividades estratégicas.